jusbrasil.com.br
28 de Julho de 2017
    Adicione tópicos

    Comunidade Jurídica perde Ada Pellegrini Grinover

    Carta Forense
    Publicado por Carta Forense
    há 14 dias

    Nas palavras do Presidente do TJSP, Desembargador Paulo Dimas, Ada Pellegrini Grinover mais que jurista e professora foi e é exemplo a ser seguido por toda a comunidade jurídica internacional pela excelência de seus atos, responsáveis pela formação de várias gerações de juristas brasileiros.

    Ela nasceu em Nápoles (Itália), em 1933, e graduou-se em Ciências Jurídicas e Sociais na Faculdade de Direito da USP, em 1958. Primeira doutora formal da Faculdade de Direito, com a tese “Ação declaratória incidental”, defendida em 15 de maio de 1970. Tornou-se professora livre-docente, em 1973. Era professora titular de Direito Processual Penal e professora de Mestrado e de Doutorado. Foi pró-reitora de Graduação da USP na gestão do reitor Jacques Marcovitch (de 1997 a 2001). Também foi presidente do Instituto Brasileiro de Direito Processual e vice-presidente da International Association of Procedural Law e do Instituto Iberoamericano de Derecho Procesal.

    Atuou como chefe da Consultoria Jurídica da Secretaria de Justiça do Estado de São Paulo e como procuradora do Estado. Publicou uma extensa lista de artigos, livros e capítulos de livros nacionais e estrangeiros na área do Direito. Foi agraciada, na Itália, com o título de Doutora Honoris Causa pela Universidade de Milão, e com o prêmio da Fundação Redenti, da cidade de Bolonha, em 2007. Desde 2002, era membro da Academia Paulista de Letras, ocupando a cadeira nº 9.

    Faleceu ontem, dia 13/07/2017.

    Veja suas publicações na Carta Forense

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)